terça-feira, 29 de julho de 2014

Grease is the Word



Enquanto eu voltava do trabalho em meu carro parcelado em cinco anos – faltam dois para quitar – cansei do CD que tocava e passei para o (Tina) tunner pensando “Surpreenda-me”. Ah... Começou a chamada de um programa chamado “Proibido para Menores” que manda vááários flashbacks na sequência e o primeiro deles foi “Grease is the Word”, do Bee Gees, tema do filme “Grease – Nos Tempos da Brilhantina”.

Que delícia. Adoro a música. Curti demais a surpresa. O melhor foi ouvir o locutor chamando o golden hit. “Para começar, você ouve ‘Grease is the Word’ música tema do filme do qual a trilha estreou há 36 anos e permaneceu em primeiro lugar em vendas nos Estados Unidos por um mês com LP duplo”, contou o cara.

Mew, L-P-DU-PLO! Tãão legal imaginar isso em uma época em que mouse, para o mundo, significava somente o sobrenome do Mickey.


Quero dividir. Eu curti o longa estrelado por Jonh Trêsvoltas e Olivia (a Sandy) Newton Jonh ouvindo a trilha do musical antes mesmo de assistir ao filme. Culpa dos meus pais. Daí para a frente, me apaixonei. Sabia que o nome da Sandy (ex-& Junior) veio da personagem de Olivia? Pois é. Meiga igual – danadinha. Ouça.


2 comentários:

Ingrid Sodré disse...

Grease é um dos meus filmes musicais favoritos. Já assisti várias vezes e toda vez que isso acontece, parece que estou assistindo pela primeira vez. As músicas são deliciosas de se ouvir e cantar junto. A história é bem típica, mas tem todo um charme especial e te deixa envolvido(a) do começo ao fim. Ao assistir filmes como esse, me dou conta de que talvez tenha nascido na época errada. Haha

Matheus Farizatto disse...


Época errada?! Somos dois, Ingrid. Ou mais rss.