terça-feira, 7 de maio de 2013

O clipping da leitura





Quem trabalha com assessoria de imprensa conhece a atividade chamada Clipping. O lance é fazer uma clipagem ou apanhado das publicações que saem na imprensa conforme o seu interesse. Durante a faculdade de Jornalismo, uma professora comentou que colava post-its nos livros para marcar trechos que achava importantes. Desde então passei a carregar na última página dos livros uma folha de caderno em que anoto frases e ideias que surgem na leitura.

Certo dia, enquanto lia na casa do meu namorado, peguei a tal folha e pedi uma caneta a ele que respondeu: “por que você não anota no seu iPhone?”. Pois é. Por que não? – até anteontem ainda tinha este aparalho como um celular que acessa e-mail por necessidade profissional. E só.

Depois de muito usar o bloco de notas do pequeno Apple e fuçar para descobrir novas aventuraras on touch, conheci o aplicativo ClipBook.

Esta bênção tem visual estilo página de bloquinho com madeira e detalhe de couro marrom escuro do escritório; além de possibilitar a anotação de trechos ou tirar foto e dividir por página. Quando você termina a leitura, também pode tocar em “Terminei” e ainda receber “Congratulations!!” do programinha – sim, é em inglês.

Achei muito bacana. Ele arquiva tudo isso por livro, que você pode identificar pelo título, número de página e foto da capa (imagem abaixo), entre muitos outros recursos. Recomendo e baixei “de grátis”.




A partir de hoje, postarei sobre alguns livros e trechos que marquei com e sem o este app.

Para terminar, leia independentemente de parafernalha eletrônica e deixo a frase que curto demais e está na abertura do ClipBook, “Livros são os mais silenciosos e constantes amigos”.

        Beijo para quem tem sempre um livro “em movimento” em casa.

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá Matheus! Encontrei teu blog no Google e achei uma delicia! Trabalhamos na mesma empresa. Uma pena alguém tão carismático, educado, lindo e querido ter namorado... mas mesmo assim, continuo te admirando por entre os corredores. Sou teu admirador! Bjo