sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Britney



Certo dia cheguei à assessoria de imprensa em que trabalho cantando o refrão “womanizer, you’re a womanizer, oh!”, logo de manhã. Minha amiga jornalista na outra sala soltou: “nossa! Eu adoro essa música. Aliás, eu amo a Britney, só não tenho coragem de assumir isso” – e dá-lhe gargalhadas. Respondi brincando: “acho que sou o único no mundo a falar sem vergonha alguma que a curto demais”. A jornalista então cantarolou outros clássicos da loira e uma semana depois chegava à assessoria cantando como Britney Spears as músicas que gravei em uma coletânea pra ela.

Que saia do Virando Jornalista quem nunca ouviu a um trecho sequer das músicas do vídeo no início desta postagem. Quem nunca parou em certo canal para ver quem era essa mulher no videoclipe. Ou quem nunca assoviou um trechinho ou arriscou um “HIT ME BABY ONE MORE TIME!”. Você, estando ou não na casa dos 20 anos, com certeza já participou de algo que envolva Britney Spears.

Isso acontece porque há 13 anos, Brintney Spears – 29 – nunca saiu de cena. “Ela está de volta”? Ela nunca se foi. Mesmo no período de três anos (2004-2006) em que ficou sem lançar um disco, a sulista dos EUA sempre respondeu por si só à pergunta: “por onde ela anda?" – frequentemente sem resposta quando feita a outras artistas. Há nove anos consecutivos se mantém como a celebridade mais procurada na internet de acordo com os sites de busca Google e Yahoo!, e o Guinness World Records. Britney desperta interesse. Uma animação ou raiva. Curiosidade que muitas outras que surgiram junto ou pós BS não despertam. Passam sem serem notadas. É indiferente se vão se apresentar ou não em uma premiação. Será que ela está gorda? Magra? Dançando muito? Ou nada? Usando playback? Ou com a voz muito trabalhada? Britney Spears cria essa expectativa há mais de uma década. Ponto pra ela. It's Britney b*tch!

Desde 98 – quando vimos a então desconhecida pela primeira vez na TV – vestida de colegial, ela não parou mais. Depois disso veio o macacão de vinil vermelho, a sensualidade quente lançando a tendência do jeans de cintura baixa e piercing no umbigo, em seguida, o corpo coberto apenas por diamantes, sua gravidez, seu blackout que a levou ao fundo do poço depois de um casamento fracassado – recém divorciada, com dois filhos, raspou a cabeça, perdeu a paciência com os paparazzi entrou para a reabilitação, saiu da reabilitação, perdeu a guarda de seus meninos e foi colocada em vigilância psiquiátrica; tudo isso em dois anos, até que a Justiça decide que seu pai iria controlar seus assuntos pessoais e financeiros – sua música toca e ela oferece um pedaço dela a quem quiser, pouco antes de comparar sua fama a um circo.

Nesta quinta-feira Britney Spears lança seu novo videoclipe e mostra que tem sempre mais a oferecer. A cada música lançada, a moça sabe qual é o espaço que já conquistou, que não tem mais que provar nada a ninguém e ainda diz a todos que a Rainha do Pop, Madonna, e Janet Jackson são sim seus maiores ídolos femininos.

Mas como é possível curtir alguém que usa playback em seus shows? Que dizem que é fabricada por seus produtores? Detestada por tantos que curtem somente sua música, mas não a ela? Ou nem isso? Simples: Britney Spears se tornou um ícone pop por tudo que a envolve.

Ela canta? Sim, mas prefere usar playback. Britney, pra mim, não é uma cantora, e sim, uma performer que faz isso como nenhuma outra. É uma mistura de tudo. Seu jeito doce e também sexy. Sua dança. E quando não dança muito, sua expressão. Caras e bocas. Língua pra cima e pra baixo, e sua gargalhada. Gritinhos de empolgação e diversão no palco.

Tudo isso é fútil? Pra mim tem seu valor. Um entretenimento que gosto muito. Há 13 anos, ouço pelo menos cinco músicas suas por dia. Minha mãe e meu pai arriscam e o vídeo caseiro mostra minha irmã dublando Britney aos cinco anos. Hoje, aos 17, ela baixa pela internet suas novas músicas e admira suas apresentações em meus DVDs.

Comparada à Madonna, Britney quase não escreve suas próprias letras. Não traz causas mundiais em suas músicas nem se preocupa em fazer dessa forma. Tudo isso já foi feito. Madonna é única. Britney também. Rainha e princesa? Entre as que tocam hoje nas rádios – além de Madonna – Britney é a que está há mais tempo em tal destaque. Mas, pra mim, uma coisa em especial que conecta as divas pop – além do polêmico beijo no VMA – é que ambas já foram desacreditadas. Enquanto tablóides publicam desde a década de 80 que Madonna chegou ao fim, Spears estampa o mesmo assunto há anos. E ambas continuam. Se reinventam e se tornam rainha e princesa fênix neste mundo do pop descartável.

Quem curte Britney de verdade, curte assim. Tem consciência de tudo que a envolve. Britney não pinta a cara nem usa fantasias nos aeroportos. Ao contrário, tem expressão e é verdadeira. Seus agradecimentos feitos por toda a última década não foram aos gays. Isso é ferramenta de marketing. Ela agradece sempre a seus FÃS. 
Suas músicas desde o começo falam sobre experimentar. Britney Spears é relevante e influente. Já vendeu mais de 190 milhões de cópias entre discos e singles. Come as unhas. É a celebridade mais jovem – aos 21 anos – a ganhar uma estrela na Calçada da Fama. Bebe frapuccino feito louca. Já se apresentou com Madonna (que também gravou) e Michael Jackson. É a única cantora a ter seus seis primeiros álbuns de estúdio estreando no Top 5 da Billboard 200.
Britney oferece em seus erros e acertos a liberdade de viver sem seguir receitas prontas sobre perfeccionismo. Altos e baixos. Mesmo que alguns torçam o nariz, é fato: Britney Spears já se consagrou um ícone pop assim como Elvis Presley, Beatles, Michael Jackson e Madonna. Ícones serão sempre lembrados e suas músicas sempre tocarão hora ou outra. Em 2021, alguém entrará em uma assessoria de imprensa catarolando um dos sucessos de Britney, afinal, nunca se deve apostar contra Britney Spears. Britney continua vencendo.

Este é um texto de um fã, não fanático. Apenas uma homenagem, um registro, não uma evangelização. Respeito todos os gostos. 
Britney fica e toca, mexe e toca de novo...


COMENTE AGORA.
O QUE É Britney Spears pra você?
E confira o novo videoclipe "Hold It Against Me".



* As palavras em vermelho neste texto trazem links de variados momentos na carreira de Britney Spears. Clique em cada um deles e divirta-se! – FOTOS por Randee St Nicholas, fotógrafa do ensaio feito este ano para o encarte do CD "Femme Fatale" – nome MEGA cafona, reconheço – que será lançado em 28 de março.


21 comentários:

Anônimo disse...

Arrazou parabéns perfeito !!!! texto impecável

Anônimo disse...

super adorei! falou tudo *-*

sadnessforu disse...

PARABÉNS, EU QUASE CHOREI, O MUNDO PRECISA VER SEU POST,

Matheus Farizatto disse...

Bom demais ver os fãs curtindo essa homenagem aqui no VJ!

MEU DEUS, o texto foi postado HOJE e já apareceu entre os mais lidos na lateral do blog, em "ARQUIVOS"!

THANKS!
Efeito desses ***bitches! Hehehe

MANDE O POST AO MUNDO, ENTÃO!

Se curtir, SIGA O VJ!
Será um prazer escrever para os verdadeiros fãs de Britney!

Abraço. Feliz com a repercussão!

;)

Lucas disse...

"Britney Spears é de fato um ícone pop e não será esquecida tão facilmente, ele se reinventa, renasce das cinzas e o que depender de quem de fato é fã da estrela isso vai continuar por muitos e muitos anos. Parabéns pelo texto..."

juliana disse...

"She's so lucky, she's a star
But she cry, cry, cries
In her lonely heart, thinking..."
Lucky, minha favorita,rs.
Bom nem preciso dizer que addooorrreeeiii o post, uhhuu!!
Pq será né?? Bom deve ser pq simplesmente Britney marca o fim da minha infância e inicio da adolescência. Quando se ouve falar sobre Britney, logo vem fofocas, polêmicas, barracos... E daí? As pessoas se esquecem que a cada trabalho ela se reiventa, se supera, apesar de todas as criticas ela sempre levanta, sacode a poeira, dá a volta por cima, e dá um show em tudo o que faz, afinal ela é Britney Spears, adorrrooo!! rs, Não preciso dizer mais nada né?!! rs.
Bjo

Anônimo disse...

EU AMO BRITNEY JEAN SPEARS!

adorei o texto, ta tudo muito puro

e honesto!

PARABENS! :D

Jhunior Medeiros

Anônimo disse...

sempre achei esse papo de agradecer aos gays marketing, pois afinal não só os gays curtem musica pop. Britney é unica e sempre será lembrada, o que me importa avida pessoal dela, ela continua otima nos clipes. Eu a acho um pouco triste pelo seu olhar nos ultimos clipes, mas isso se deve a midia. Parabens pelo texto e vamos evangelizar a britney sim, mas, sem fanatismo.

Anônimo disse...

Nossa... parabéns pelo texto... Britney é isso msm... um ÍCONE... ngm consegue derrubá-la... e a única pessoa q poderia conseguir tal feito, seria ela msm...

Mischa Barton disse...

AMEI o texto. Parabéns pelo trabalho.

MiChell disse...

Bom em primeiro, Parabéns ao Fã que o escreveu. Realmente um dos melhores textos que vi em homenagem a Britney sobre o seu novo Sucesso.
Minha princesa é uma Diva e Icono POP e sempre terá seu lugar de direito e conquistado sem nenhum artificio mirabolante e futil como vimos na atual cena POP.

Mais uma vez parabéns ao escrito e sim, somos fans, nos orgulhamos disso, e gritamos aos quatros cantos do mundo que SIM curtimos Britney Spears e amamos a Mulher Britney Jean Spears, doce, educada e que o mundo inteiro ama. Se falam e torcem o nariz pra ela, é simplesmete inveja de ser a Performer e pessoa incrivel.

Raphaela Farizatto disse...

Eu amo a britney!*-*

Como diz no proprio blog eu já cantarolava desde os 5anos,kk,na verdade tentava dublar,kk.Eu adoro ela.Eu amo quando os meus amigos brincam cmigo e flam que pareço ela,por estar legalmente loira agora e cantar tdas as musicas dela,kk.Pra mim ela é unica,assim como a Madona e o Michel,detalhe eu amo eles tbm,kk,além de estar loira igual a ela o proximo passo é fazer uma tatoo de beijinho igual a dela..*-*.Essa mulher é TOP!!

Amei o texto.

Luiz disse...

Achei muuito lindo seu post,cara vc disse tudo oq um fã sente a respeito dela.achei tao foda esse seu texto que eu postei na comunidade "Britney Spears Zone". OBVIOO com todos os creditos a vc e ao Site.Parabens =D

Anônimo disse...

Simplesmente arrazou,

Britney é Britney, nao tem como negar, <3

amei disse...

parabéns, texto LINDO!
"Seus agradecimentos feitos por toda a última década não foram aos gays. Isso é ferramenta de marketing. Ela agradece sempre a seus FÃS". <3
BRITNEY OWNS EVERYTHING!

Thais Caroline disse...

Ain amo essa mulher *-*
Pow ela é tudoo de bom cara!!
Admiro muitoo essa top rsrs'
To sempre cantando as músicas dela..
Mas a que eu mais gosto é I'm Not A Girl, Not Yet A Woman ...
Beijoo Matheus ♥

Rodrigo Ziviani disse...

Só um fã, quase fanático, para errar a conta. Britney vendeu 190 milhões de discos? Nem a Whitney Houston chegou nisso, Má. Britney está beirando os 70 milhões, o que já é impressionante em tempos de internet, pirataria e em se tratando de alguém que não canta ao vivo.
E Britney no mesmo time de Beatles, Elvis, Madonna e Michael Jackson? Estes faziam (e a Madonna ainda faz) música de verdade, composta com alma, coração, sensibilidade, além de terem influenciado várias gerações no que se refere a comportamento, atitude, contestação, inovação e irreverência. Britney Spears? Nunca. Never. Não a odeio. Até tenho alguns CDs. Adoro "Hold it against me". Aliás, essa música já estava pronta para ser oferecida à Katy Perry, ou seja, Britney nem pôs a mão. Até dá pra ouvir e se divertir. Mas não vamos exagerar. É preciso mais do que calças de cintura baixa e gritinhos de empolgação no palco para se tornar um mito. Me perdoe a sinceridade, mais uma vez. Britney é divertida, sim. Tem alguns clipes muito legais. Mas calma lá.
O que eu realmente penso dela está neste texto aí, ó (da época de "Circus"):

http://rodrigozivi2.blogspot.com/2009/02/o-circo-de-britney-admito-fui-fa-quase.html

Sei que os fãs mais ardorosos querem morrer, ou melhor, me matar. Não estou metendo o pau. Apenas sendo realista. Britney Spears não é de toda ruim. Só não é tudo isso. Não me mate! It´s just what i think...

Bj.

dalmo disse...

AMEI...
SOU Fâ DELA E REALMENTE VC CONSEGUIU FALAR DE UM MODO PESSOAL MAS QUE REFLETE REALMENTE O QUE BRITNEY È ...
PARABENS...

Matheus Farizatto disse...

Valeu pela visita, Dalmo!

Fique à vontade para voltar sempre que quiser.

Abraço!

Fran disse...

gracas a vc hj nao tenho vergonha de gostar da britneida. vc me libertou. ALELUIA

e porra como sinto sua falta e saudade do seu palavreado grotesco.

<3

bjos

Matheus Farizatto disse...

Fran!

Vou abrir um templo:
"Bitches Salvatiotn!"... o que acha? ALELUIA!

Libertando as Britneys que há dentro de vocês.

MUITA SAUDADE DE VC NO MEU DIA,
BUCETA! Hehehehe

Bjo, bjooo, bjooooooos!