terça-feira, 24 de novembro de 2009

Geyse, express yourself!

Enquanto o apresentador da MTV, Lobão, diz que a reação dos estudantes no polêmico caso da Uniban é inaceitável por se tratar de uma universidade - local que reúne jovens com “sabedoria e conhecimento”, segundo ele – eu dedico a minha revolta à própria Uniban.
Tema discutido no programa MTV Debate do dia 10, “Caso Uniban: preconceito ou intolerância?” é uma pergunta que não provoca discussão. No caso Uniban: preconceito e intolerância. Da parte de quem? Da Uniban.
O vídeo divulgado em que estudantes gritam a palavra “puta” à também estudante Geyse Arruda, 20, enquanto ela retorna à universidade, mostra a reação de jovens fantoches com barbantes pregados à boca e controlados pela instituição de ensino conservadora e antiética. E o mais compreensível desta reação é que, em sua maioria, esses estudantes são homens. Primatas.
Enquanto Geyse “desfilava” na universidade com seu vestido curto, esses aspirantes a homem a acompanhavam, “davam corda” e gritavam elogios à mulher, gordinha, loira, de olhos verdes, que chamava atenção. Até a faculdade dizer que não era bonito. Então, “puta”.
Preconceito e intolerância com uma jovem que, como as outras de qualquer universidade, tem o direito de usar mini-saias, shorts, vestidos curtos e afins. Tem liberdade. E em momento algum violou o psicológico “contrato social” – ela não estava pelada, e longe do “quase”. A Uniban simplesmente a expulsou por isso. Sem direito de resposta, defesa com advogados, nada. Expulsou. E os “manés” da direção? Apoiaram. E os trouxas dos estudantes alienados? Gritaram “puta” após a decisão. Salvem os poucos que se organizaram em frente à militante Uniban, que se manifestaram contra a decisão, principalmente pela agressão à imagem da mulher. Muito bem!
Dias depois... A decisão é revogada. A Uniban expulsa. A Uniban volta atrás. Question: qual a condição que uma universidade que tem a postura que teve diante do ocorrido, tem em formar pessoas? Answer: nenhuma.
Uma universidade com 60 mil estudantes, que não permite a formação de um grêmio estudantil para representar os alunos e questionar a instituição deve ser abolida. O que você aprende em um lugar onde você tem que registrar um crachá para entrar no local e catraca adiante você só obedece? Aprende que quem manda são “Elesban”, não importa o quanto você sue para pagar a alta mensalidade.
Em uma situação assim, professores estão na mesma tábua controlada que alunos. A direção por sua vez mostrou-se antiquada e incapaz. Aos alunos da Uniban, por favor, pelo amor de Deus, parem de pagar para usar viseiras para equinos durante anos de suas vidas. E Geyse, pratique o seu direito de vestir o que quiser, faça com que te respeitem, e como diz a expressiva correta Madonna: “express yourself”.

4 comentários:

Rodrigo Ziviani disse...

Má, longe de querer defender a Uniban, acho que a questão sempre tem dois lados. Lógico que a atitude da direção da Uniban foi reacionária e exagerada. Mas a pior consequência de tudo isso é termos de aturar essa garota vazia se expressar de formas previsíveis e irritantes, como aparecer no Casseta e Planeta e posar nua. Bom pra ela, que aproveita os 15 minutos de fama. Bem feito pra Uniban, que provocou tudo isso. Péssimo para todos nós, que somos obrigados a aturar, de um lado, o conservadorismo ultrapassado dessa universidade e, de outro, essa cafona dessa garota que agora acha que tem alguma importância.
Muito bom o texto, Má. Gostei muito. Abração.

Matheus Farizatto disse...

Tem razão, Ro. Agora ela colocará ainda mais em prática os seus "valores". Graças ao empurrãozinho dado pela Uniban.
Mas fiquemos tranquilos, pois não passará de 15 minutos, tempo que ela e esse tipo de mídia terão para brincar com o assunto.

Obrigado pelo comentário.
Um abração.

Marina S. Carneiro disse...

Queridoooo,
amei seu texto!

Concordo muito com o Rodrigo. Não fico do lado da escola nem da menina.
Afinal a menina queria mesmo 15 minutinho de fama, e é isso que ela esta conseguindo. E os alunos da Uniban tiveram uma atitude ridicula, pois a menina foi muito ofendida!

Enfimmm, tomara que se ela for sair pelada que saia logo e ganhe um dindin...
Aliassss, recebi um comentário no meu texto, me falara que ela esta querendo leiloar o vestido rosa???

affff.. quem da mais????
$$$$$$$$

Bjuuuu!

Marina S. Carneiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.